Problema 03 - Enzimas

Se não fossem as enzimas!

Leia com atenção o problema!

Realizem a leitura. Existe algo que não sabem? Que conhecimentos serão necessários para resolver o problema? (faça uma lista) (ex. Como uma enzima funciona? Quais fatores interferem na atividade enzimática?). Discuta com o grupo o que fazer nesse caso. Criem suas hipóteses.

Vocês deverão entregar o arquivo com as pesquisas e discussões na própria ferramenta atividade.


Indústria

Armando é motorista de empilhadeira em uma refinaria de petróleo no Rio Grande do Sul, na cidade de Canoas, e chega a trabalhar 10 horas por dia nos períodos de alta produção.

Certa noite, após um longo dia de trabalho, Armando cochilou enquanto dirigia a empilhadeira e tombou o veículo na área gramada da empresa, derrubando um barril de 200 litros de óleo mineral no solo.

Foi uma correria, Armando, muito assustado, correu para o chefe de segurança que imediatamente contatou a equipe de remediação.

Os especialistas avaliaram a situação e consideraram a hipótese de testar um dos microrganismos capazes de degradar óleo que estavam estudando recentemente.

(História fictícia)

solo

Para isso, teriam de avaliar as especificidades do solo do local, do microrganismo responsável, assim como da enzima/as envolvidas.

Após isolar a área contaminada e verificar que não haveria expansão da contaminação no solo, uma vez que se tratava de um solo raso, tipo neosolo, e que este estava superposto a uma espessa camada de rocha (diabásio), numa área praticamente plana.

Para os estudos, chamaram os biólogos que coletam amostras de solo e levaram ao laboratório onde fariam os ensaios de viabilidade da atividade microbiológica.

diabásio

Dados do local do acidente: pH do solo - cerca de 4,0 ; temperatura do solo - cerca de 20ºC.

Os pesquisadores tinham alguns dados sobre os microrganismos que estavam testando para degradar óleo em processos de biorremediação - bactérias A, B e C:

- Sabe-se que a capacidade de degradação do óleo, pelas bactérias estudadas, é dada por uma enzima, a olease degradase (nome fictício), uma oxi-redutase, a qual possui cerca de 80 kD. Cada microrganismo possui a enzima com pequenas modificações (bactéria A: olease degradase alfa; bactéria B: olease degradase beta; bactéria C: olease degradase gama)

- Temperatura ideal para atividade da enzima olease degradase: alfa: 24°C; beta: 18ºC; gama: 20ºC.

- pH ótimo de funcionamento da da enzima olease degradase: alfa: 6,4; beta: 5; gama: 8,2

Ajudem Armando a solucionar o problema!

Escolha qual microrganismo deverá ser utilizado (A, B ou C), justificando bioquimicamente sua resposta.

Utilizem o fórum e a sala de conferência (chat) para discutir com o grupo.

Alguns questionamentos que deverão fazer parte da solução do problema:

- Como o pH e a temperatura interferem na atividade enzimática?

- Que técnicas bioquímicas poderiam auxiliar na quantificação dessa enzima? (atividade enzimática e quantidade de enzima produzida pelas bactérias)

- Você utilizará o microrganismo diretamente no solo ou necessitará algum tratamento?

- Para refletir: Que diferença faria ter outro tipo de solo ou rocha na região do acidente? Guarde parte dessas reflexões para a disciplina de "Dinâmica da Terra"!

 

Boa atividade! Prof. Gabriel


Enzimas e mecanismo de ação - animação curta

Sobre as enzimas:

 
UAB
Brasil